03 mar

Ainda bem pouco conhecido pelos gestores e profissionais de saúde no Brasil, o Mindfulness, também chamado de “atenção plena”, tem sido propagado pela Escola Paulista de Medicina (EPM), da Unifesp, como um meio para o bem-estar e promoção da saúde. Sendo uma prática meditativa, pode ser experimentado por qualquer um, e tem se mostrado eficiente no tratamento do estresse, ansiedade, depressão e dores crônicas.

Coordenado pelo professor e médico de família Marcelo Demarzo, o Centro Brasileiro de Mindfulness da Unifesp tem levado a prática ao sistema público de saúde (SUS). São montados grupos de pacientes para o aprendizado da técnica, assim como seminários científicos gratuitos para a população.

Leia a matéria completa aqui.

Deixe um Comentário